Outras Formas de se vender o Brasil...

.

 

 

 

"Nunca na história desse PLANETA", se fez tamanha capitalização

 

Notícias Pelo mundo,  CLIQUE NOS LINK

 

A   France Presse   "uma das maiores vendas de ações que o mundo já viu".

 

No   Financial Times,   "a maior emissão de ações na história".

 

No  site da  Forbes ,  "Compre Brasil, corte S&P", índice de Wall Street.

 

Reuters Brasil, deu manchete.  "a maior já realizada no mundo"

 

O  Wall Street Journal,  "a Petrobras arrecadou R$ 120 bilhões com sua oferta primária de ações ordinárias e preferenciais, informou a companhia em registro na Comissão de Valores Mobiliários". E "o valor confirma a operação como a maior já registrada no mundo".

 

 

e é só o começo...

 

 

Por CabraL           ( oObserVadoR ) 

 

 

 

Lula consegue se candidatar!!!

.

 

 

 

 

Lula é indicado ao Prêmio Nobel da Paz

O presidente Luis Inácio Lula da Silva está entre os candidatos ao Prêmio Nobel da Paz. Diretor do Instituto Internacional para a Investigação da Paz, o norueguês Stein Tonnesson, teria confirmado a indicação de Lula, segundo agências de notícias internacionais. A divulgação dos premiados será em outubro.  Em fevereiro, o jornal francês Le Monde já havia antecipado a indicação de Lula, mas o Instituto Nobel, por tradição não divulga a lista oficial dos candidatos. Na sexta-feira, o diretor do Instituto Nobel, Geir Lundestad, informou que há 165 personalidades e instituições propostas para o prêmio.

Stein Tonnesson afirmou ao Le Monde em fevereiro que a vitória de um político sul-americano que luta contra as desigualdades sociais é muito provável. Principalmente se esse político for o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Tonnesson disse que Berge Furre, membro do Comitê Nobel da Paz, é um grande admirador do presidente brasileiro.

Outra importante fonte de informação, o cineasta norte-americano Oliver Stone, conhecido por dirigir filmes como Nascido em 4 de Julho e JFK, é também um admirador do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e afirmou que o líder brasileiro pode ganhar o prêmio Nobel da Paz pelo acordo assinado entre Brasil, Turquia e Irã, que estabelece o enriquecimento de urânio iraniano fora do território do país. Os iranianos são suspeitos de tentar fazer a bomba atômica, algo que negam.

– O Lula tem uma grande liderança. Caso ele consiga êxito no resultado do acordo, certamente será indicado ao Prêmio Nobel da Paz – previu o cineasta, em sua última viagem ao Brasil, no primeiro semestre deste ano.

O acordo não foi bem recebido pelos Estados Unidos, que liderou a quarta rodada de sanções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) contra o governo do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. As relações entre Brasil e EUA foram brevemente afetadas pelo episódio e a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, chegou a dizer que o acordo torna o mundo mais perigoso.

O cineasta disse que “o acordo está desafiando toda a dinâmica de poder (internacional)”. Ele afirmou ainda que o fato de o Brasil contrariar a política dos EUA é um exemplo das profundas transformações que os governos de esquerda trouxeram à região:

– Existem consequências para o mundo inteiro pelo fato do continente estar se tornando mais independente.

 

Da Redação do Correio do Brasil, de Brasília   20/9/2010 13:47,   

 

 

 

Colhido por CabraL.

 

 

.

 

 

Dilma e sua Arma Mortal... para aqueles que nunca acreditaram.

.

 

 

 

 

A arma de Dilma é o coração do Brasil

A jovem idealista Dilma Rousseff

Vivemos um período eleitoral onde os ânimos da batalha se confundem com agressões gratuitas e desproporcionais à realidade do momento vivido. O poder midiático dos grandes meios de comunicação tenta e tenta nos confundir com o passado das pessoas que dignificam sua passagem pela vida.

Viver como cidadão politicamente consciente é amealhar para si as verdadeiras aspirações emanadas do clamor popular quando o Estado nos rouba a cidadania.

E Dilma é uma dessas pessoas que tomou para si a luta de libertar a Pátria, após o Golpe de 1964 que derrubou o governo constitucional de João Goulart, enquanto outros se escondiam com medo dos fuzis e tanques militares, diante do silêncio mudo dos corações dos oprimidos; ela foi adiante e lutou contra o arbítrio com a arma que tinha ao seu alcance: o amor pela Pátria.

Quando verificamos o poder das armas entre um revólver e um canhão, entre o sofrimento do desprendimento de doar a vida em uma ação desesperada contra a prepotência do Estado surrupiado da democracia, entendemos que a arma que Dilma usou foi o seu coração, elevado de amor pela Pátria, aliado ao seu altruísmo arraigado nos princípios de liberdade e soberania que nos tinham sido quitados.

Somente aqueles que, como ela, detêm este princípio de amor no coração podem suportar com dignidade o cárcere e a tortura praticados pelo terrorismo de Estado, quando já com um prisioneiro em seu poder, passa a cometer o crime de “lesa-humanidade”, manipulando através do sadismo implícito da má conduta o sofrimento de um ser humano jogado no cárcere, impotente diante dos instrumentos cruéis que penetram na carne humana, mas que nela, digna o necessário, suportou a dor para saber que não estava sendo derrotada.

Somente Dilma, com seu coração como arma poderá dar continuidade ao programa de justiça social do companheiro Lula e imprimir com sua coragem de mãe, não o esquecimento, mas a pacificação Nacional como presidente da República, trazendo a todos os que tombaram no caminho da redemocratização o resgate do amor pela Pátria e pela justiça soberana, que todos nós brasileiros que amamos nossa terra desejamos.

Não serão ataques de desmerecimento do passado das pessoas, pelos senhores da mídia que outrora tiveram regalias e privilégios da ditadura, inclusive cooperando com dinheiro e veículos para prender pessoas e esconder a verdade, servindo a opressão e a ilegalidade, e que hoje falam em liberdade de imprensa, que nos confundirão no momento de escolher através de eleições livres, eleger os verdadeiros líderes que haverão de conduzir os destinos de nosso povo.

A arma de Dilma é o coração do Brasil.

A nossa a coragem de seguir acreditando na justiça social de nosso País.

 

Por João Goulart Filho   20/9/2010 17:31, 

João Goulart Filho é diretor do Instituto Presidente João Goulart.

 

 

Colhido CabraL do    jornal  Correio do Brasil

Sensacional Paulo Henrique Amorin

.

 

 

 

 

Amigo navegante telefona preocupado: o PiG (*) vai ao Tribunal Superior Eleitoral e impedir a vitória da Dilma no tapetão.

Há certo perigo aí.

A Procurador Eleitoral é a Dra. Cureau, sempre imparcial, que quer calar o Mino Carta.

Marco Aurélio de Mello, que, em 2006, como presidente do TSE, ameaçou não dar posse ao Lula, é titular do TSE.

Gilmar Dantas (**) é suplente no TSE, ele que tentou, com as tropas do Estadão, dar o Golpe de Estado da Direita.

O jenio tem mais chance no TSE do que no voto.

E a UDN só ganha eleição no tapetão – no Golpe.

Acontece que a Dilma perdeu a paciência.

Dilma não é Lula.

Na resposta à Folha – clique aqui para ver esse vídeo histórico – ela se pôs ao lado de Leonel Brizola, autor de outro vídeo histórico – clique aqui para ver o editorial que Brizola obrigou o Roberto Marinho a ler.

Os filhos do Roberto Marinho sabem disso – o temperamento da Dilma está mais para Brizola do que para Lula.

A Dilma não vai esperar o Golpe sentada em cima das mãos.

Dilma tem um aliado importante.

Já imaginou o Lula na rua, a pregar uma greve geral para garantir a posse da Dilma ?

Lula não é Jango.



Isso parece uma insensatez ?

Insensatez é o que o PiG (*) faz hoje no Brasil.

A eleição não é mais entre a Dilma e o Serra, que foi atropelado pela própria insignificância.

A eleição é entre a Dilma e o PiG (*).

A Judith Brito disse que a Associação Nacional dos Jornais, que preside em nome do Otavinho, é a oposição.

Ela provavelmente não sabia que tinha entrado para a História do Golpe, que tinha escrito uma página do Livro de Ouro da extrema direita brasileira.

O PiG (*) não tem mais volta.

Ele destruiu todas as pontes que o ligavam à Democracia e ao Estado de Direito.

O PiG (*) é o PiG (*) da Argentina e da Venezuela.

Vai fazer o que ?

Demitir a Eliane Catanhêde para se aproximar da Dilma ?

A urubóloga, o Merval, o Waack, o Ali Kamel, o do Golpe de 2006 ?

Não tem como.

O ultimo recurso será entrar com um pedido de anulação da eleição no TSE, redigido por um jurista de prateleira, como, por exemplo, Yves Gandra Martins.

O que o PiG (*) quer ?

Uma Guerra da Secessão ?

Uma “Revolução” de 32, para se separar de Vargas ?

O PiG (*) está miseravelmente isolado.

Deve representar uns 5% da população brasileira – seus leitores.

Na tem uma passeata do Cansei na rua.

Não tem uma Marcha com Deus pela Família e a Propriedade.

Não tem um Carlos Lacerda.

A FIESP não está no Golpe.

A FEBRABAN não está no Golpe.


A Associação Comercial … associação comercial, qual ?

Acabou a União Soviética e não assusta mais as mal-amadas.

A Igreja Católica afundou-se com seus próprios pedófilos e não tem autoridade moral para derrubar nem prefeito.

Os americanos estão atolados no Afeganistão e nas dividas.

Não vão mandar a Frota que derrubou o Jango.

E o Obama acha o Lula “o cara”.

Não tem Manifesto dos Coronéis.

Não tem mais seu redator, o grande democrata Golbery e seu fantoche, o George Washington do Elio Gaspari, o general Geisel.

Não tem o IPÊS (o Millenium do Jabor, convenhamos…)


Tem alguém na tribuna da Câmara a pedir o Golpe, como o Padre Godinho, da UDN de São Paulo ?

Cadê o jovem deputado da UDN da Bahia, Antonio Carlos Magalhães, a dizer que o Lula é ladrão ?

Eles morrem de medo do Lula

Quem o PiG (*) representa ?

Quer dar o Golpe em nome de que ?

Em defesa de quem ?

De seus próprios interesses ?


A quem interessa defender o interesse do Otavinho, a não ser o próprio Otavinho ?

Quantas lágrimas serão derramadas no dia em que a Folha fechar ?

Provavelmente só as do Clóvis Rossi.

O PiG (*) não tem mais como conversar com a presidenta Dilma, depois desse desabafo, hoje, no Rio.

Não adiante produzir manchete na Folha para o jenio e o Gonzalez reproduzirem no programa eleitoral.


Não dá em nada.

A pesquisa tracking da Vox Populi desmoralizou o Datafalha e o Globope.

A Sensus idem.

Os institutos mineiros acabaram com o blefe, a chantagem.



O Tribunal Superior Eleitoral vai dar o Golpe em nome de que ?

Da quebra dos 30 milhões de sigilos da filha do Serra ?

Do filho da Erenice ?

Do tucano que sumiu com a Caixa (2?) do Serra ? – Clique aqui para ver no Blog Amigos do Presidente Lula.

Como diz o Vasco: acharam um monte de Vavás e o Daniel Dantas está solto.

Esse é o problema grave: o PiG perdeu a importância.



Ele só serve para dar Golpe.

Para desestabilizar o país.

Com o Lula, o PiG (*) podia achar que levava o Brasil à beira do precipício e, na hora “h”, o Lula conciliava.

A bonomia do Lula não deixava o caldo virar.

A Dilma não é o Lula.



O Otavinho que se cuide.

Os filhos do Roberto Marinho que se cuidem.

Eles vão fechar o negócio do pai.



Paulo Henrique Amorim

 

 

Colhido por CabraL  do    Blog  Conversa Afiada

 

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



      PageRank